Jovem se converte após ouvir Deus em balada: “Felicidade passageira”


Quando Deus quer demonstrar o seu amor aos perdidos, qualquer lugar e momento pode ser uma oportunidade, mesmo que isso ocorra dentro de uma balada. Foi o que aconteceu com a jovem Gabrielli Azevedo, que se converteu após uma experiência desse tipo.

Ela nasceu em uma família desestruturada. Seus pais tinham problemas no relacionamento, e já adolescente, Gabrielli começou a entrar em um mundo conturbado de baladas e drogas.

“Me envolvi com drogas, bebidas, amizades perigosas, relacionamentos abusivos e enquanto isso as brigas em casa estavam cada vez mais intensas”, disse ela ao lembrar do passado. O primeiro passo para a mudança, no entanto, foi dado por seus pais, que se converteram ao Evangelho de Jesus Cristo quando ela tinha 15 anos.

Com 19 anos e acostumada a frequentar baladas, onde mantinha um comportamento de risco e rebelde contra Deus, os pais de Gabrielli tiveram a ideia de fazer um acordo com ela: deixariam ela sair aos sábados, desde que fosse à igreja no domingo!

“Talvez eu não imaginasse onde estava me metendo e quais eram as intenções dos meus pais, mas graças a Deus eu aceitei este ‘acordo de paz’”, disse ela. Com isso, aos poucos a Palavra do Senhor foi entrando em seu coração, até que em determinada noite, em uma balada, ela foi surpreendida ao ouvir uma voz.

“A frase que saiu da boca de Deus e mudou o rumo da minha vida foi: ‘Eu estou te oferecendo uma alegria eterna, mas você está preferindo uma felicidade passageira’”, lembra, segundo informações da Igreja do Nazareno de Campinas, São Paulo.

Assim como Deus mudou o relacionamento dos seus pais, Gabrielli também viu a sua vida mudar radicalmente. De uma jovem que já havia passado por religiões como o espiritismo, umbanda e catolicismo, ela finamente entendeu a única verdade através do Jesus Cristo da Bíblia Sagrada.

“Hoje, graças a Deus, tenho a oportunidade de ver minha casa em paz e o casamento dos meus pais restaurado. Minha vida pessoal mudou por completo, dois anos após a minha conversão”, disse ela.

Hoje, cinco anos depois, Gabrielli estuda no seminário teológico do Nazareno e se prepara para se tornar missionária na África. “Deus fez daquela criança desorientada, uma conselheira e fez daquela adolescente rebelde uma ministra do Evangelho. Ele muda histórias, fez isso comigo e pode fazer com você”, conclui.





Esta Noticia Apareceu Primeiro em Source link

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
radio gospel vidaa.com