Cristão decide perdoar o homem que lhe fez amputar a perna após acidente de carro


Darrin Ray é um americano que testemunhou um pouco da sua história, sobre como superou aquilo que podia tê-lo aprisionado: a falta de perdão. Ele cresceu com algumas limitações e passou por várias dificuldades desde criança, mas a capacidade de perdoar mudou a sua vida.

Ray nasceu com um problema congênito conhecido como “fenda labial” ou lábios leporinos. Por causa disso precisou passar por várias cirurgias e sofreu muitos preconceito quando criança.

Ele casou, teve uma filha e mudou com a sua esposa para a Califórnia. Lá, ele iniciou os estudos em um seminário teológico cristão, visando atuar com aconselhamento cristão.

“A vida era boa”, falou ao site The Christian Post. “Eu era diácono e líder de nossa igreja local e aprendia muito através das Escrituras sobre aconselhamento”.

Amputação das pernas

Em 20 de agosto de 2006 Ray estava indo cedo com a sua filha para a igreja, de carro, até que um veículo dirigido por uma pessoa embriagada bateu de frente com ele. O acidente fez com que ele ficasse com às duas pernas esmagadas nas ferragens da cabine interna do veículo.

“Ele cruzou a faixa amarela e bateu de frente. Foi como bater meu carro em uma parede de tijolos a 150 quilômetros por hora”, conta Ray, lembrando que pelo fato da sua filha estar no banco de trás, ficou livre dos ferimentos.

“Foi uma experiência horrível. Felizmente, minha filha não teve nada além de um arranhão”, destacou.

Ele ficou internado durante um mês e o médico lhe disse que seu pé e tornozelos estavam em estado crítico. Ray tinha pela frente uma decisão que mudaria para sempre a sua vida.

“Eles me disseram que entrei no hospital no corpo de um homem de 30 anos e saí no corpo de um homem de 70 anos. Eles me disseram que, mesmo depois de anos de cirurgias, não era uma garantia que meu pé e tornozelo estivessem curados. Minha outra opção era amputação. Eu não sabia o que fazer”, disse ele.

Os médicos explicaram que Ray passaria o resto da sua vida tendo problemas com a sua perna, e por isso ele foi aconselhado a amputar, o que aceitou ciente de que mesmo assim continuaria servindo a Deus.

Durante um bom tempo Ray ficou magoado com o responsável pelo acidente, até que o homem, que teve a sua carteira de habilitação cancelada, foi lhe visitar no hospital. O cristão conta que Deus lhe fez enxergar a situação por outro ângulo.

“Quando o homem entrou no tribunal, ele tinha apenas 49 anos, mas parecia ter 70 devido a anos de uma vida dura. Deus usou isso para amolecer meu coração e tirar a imagem que eu tinha dele antes”, afirmou Ray.

O caso terminou indo parar no Tribunal, mas diante do juiz e já com a perna amputada, Ray decidiu perdoar o homem responsável pelo acidente. Ele declarou isso diante de todos.

Questionado sobre o motivo do perdão, ele explicou, segundo o Christian Post. “Porque eu tenho um Salvador que me perdoou. Ele pagou as dívidas que eu nunca poderia pagar”.





Esta Noticia Apareceu Primeiro em Source link

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
radio gospel vidaa.com